Quer encontrar um namorado que te respeite e valorize? Valorize-se para ser valorizada.

Valorize-se para ser valorizada

“Sem se amar, você não poderá amar mais ninguém. Nós, mulheres, esquecemos disso às vezes”Jennifer Lopez, atriz

 

Aceitar-se e amar-se é um processo. À medida que você confia em si e define suas necessidades e desejos, necessita de menos validação e aprovação externas. Você torna-se capaz de criar experiências e relacionamentos que combinam com seus desejos mais autênticos.

Nos grandes desafios emocionais, de depressão a problemas nos relacionamentos, está a luta pelo amor próprio.  Quando você não acredita ser merecedora e não aceita as próprias falhas e fraquezas, reprime ou expressa os seus sentimentos  de forma pouco saudável, através da raiva, comportamentos passivo-agressivos ou disfunções.

A baixa percepção de si provoca comportamentos de autossabotagem, como insegurança, carência, defesas, hipersensibilidade, relacionamentos difíceis e caóticos, medo excessivo de errar, perfeccionismo, falta de limites pessoais, poucas habilidades pessoais e de comunicação, promiscuidade, disfunções sexuais, vícios (trabalho, álcool ou drogas ilegais) e falta de autenticidade.

Reforce a sua auto estima com esses dez passos:

 

  1. Defina seu “valor pessoal”: examine seus valores, o que acredita e quer da vida, o tipo de pessoa que deseja ser. Defina o que é melhor para você, desconsiderando o que os outros pensam ser o melhor ou o que você imagina que “deveria” ser melhor.

 

  1. Fique atenta à qualidade dos seus pensamentos e filtre as percepções. Sempre que identificar um pensamento negativo, pergunte a si mesma: “Isto expressa a verdade ou apenas minha percepção sobre a verdade?” Encontre evidências que contradigam suas crenças negativas.

 

 

  1. Evite pessoas e ambientes negativos, manipulativos, cheios de julgamentos e crítica. Pratique o otimismo realista. Identificar seus pontos de melhoria e propor-se a trabalhar neles faz com que se sinta melhor sobre si mesma.

 

  1. Aceite o corpo, rosto, falhas e características intrínsecas de personalidade que tem. Algumas realidades não podem ser mudadas, não adianta lutar. Guarde sua energia para o que pode ser transformado.

 

 

  1. Mude o que for possível. Comportamentos, escolhas e atitudes negativas podem ser modificados. Seja criteriosa: algumas vezes o que você detesta em si mesma é exatamente sua qualidade mais especial.

 

  1. Seja grata e encorajadora. Quando perceber pensamentos negativos, troque-os por outros de gratidão.

 

  1. Desenvolva habilidades de comunicação saudável e estabeleça limites. Seja menos reativa, comunique seus sentimentos e medos calmamente, sem confrontar o outro. Não permita que as pessoas tirem vantagem de você. Decida como deseja ser tratada e o que não vai tolerar. Ultrapasse sua zona de conforto, fale o que pensa, com firmeza e calma.

 

  1. Simplifique a vida. A paixão por um hobby ou carreira dá um novo propósito à vida. Uma agenda lotada drena energia e cria ansiedade. Elimine tarefas e obrigações menos importantes para abrir espaço para buscar suas paixões, sair e conhecer pessoas. Redefina como você deseja gastar seu tempo e energia.

 

 

  1. Cicatrize feridas antigas. Se há algo em seu passado que reduziu a habilidade de amar a si mesma, considere a possibilidade de buscar apoio especializado. Perdoe a si mesma e a quem te magoou, incondicionalmente. A habilidade de perdoar é um enorme passo em direção ao auto respeito e felicidade.

 

 

  1. Demonstre aos outros o amor que deseja receber. Torne-se o tipo de pessoa com quem você deseja conviver. Não ofereça amor ou perdão para ser aceita ou ganhar algo em troca. Ame incondicionalmente, sem expectativas. Quanto mais amor você oferecer, mais amor receberá e mais autoamor.

 

Para cada pensamento negativo que você tenha sobre si mesma ou sobre outra pessoa, habitue-se a responder às perguntas abaixo:

– O que você pensou é verdade?

– Por que você tem certeza absoluta que é verdade?

– Como você reage e o que acontece quando você acredita nesse pensamento negativo? (observe suas emoções e como você trata a si mesmo ou ao outro)

– Como sua vida seria, se você não tivesse esse pensamento?

– Que pensamento neutro ou positivo você pode usar para substituir o pensamento que te faz mal?

( exercício adaptado do livro de  Byron Katie, The Power of Truth )

 

 

Melhores lugares para conhecer homens interessantes

Como encontrar o amor na maturidade

A Fórmula do Amor – Como atrair o Amor para sua vida

Recomendamos Também